MARIA, UNIDA A JESUS E À IGREJA

PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

ÁGUAS, BELA VISTA, CARIRU, CASTELO, VILA IPANEMA - IPATINGA / MG.

O Padroeiro: Sagrado Coração de Jesus

 

 

 

 

A união de Maria com Cristo, seu Filho, na obra da salvação, manifesta-se desde a hora da concepção virginal de Jesus até a sua morte, especialmente na hora da paixão de Jesus. Ela avançou em sua peregrinação de fé; manteve fielmente sua união com o Filho até a cruz, sofrendo intensamente junto com o seu unigênito. Associou-se ao seu sacrifício, consentindo, com amor, na imolação da vítima por ela gerada. Foi dada como mãe a João, com estas palavras”: Mulher, eis aí o teu filho” – João 19,26.

Após a Ascensão de Jesus aos céus, Maria participou da Igreja nascente. Reunida com os apóstolos e algumas mulheres recebeu o Espírito Santo, a vida da Igreja.

Em vida a Virgem Maria assumiu totalmente o plano da Salvação em Jesus Cristo. Igualmente, em sua morte, foi assumida totalmente pela Santíssima Trindade, uma total participação na Ressurreição de Jesus.

 

MARIA É A NOSSA MÃE

Maria obedeceu à vontade de Deus pela obra redentora de Jesus, santificando-se no Espírito Santo. Tornou-se o modelo exemplar para a Igreja.

Pela sua obediência, fé, esperança e caridade, ela cooperou na obra da do Salvador, para a restauração da vida sobrenatural dos fiéis seguidores de Jesus. Tornou-se, assim nossa Mãe pela graça de Deus.

Desde o seu SIM ao anjo Gabriel, Maria se fez serva do Senhor, obedecendo em tudo à vontade de Deus. Por isso ela sempre esteve unida a Jesus e aos seus fiéis seguidores. Ela é a Mãe de todos nós.

Assunta aos céus, Maria intercede por nós, seus filhos, diante da Santíssima Trindade. Por isso, ela é invocada na Igreja sob os títulos de advogada, auxiliadora, protetora e medianeira. Com Cristo, Maria intercede por todos nós.

Assim, honrando e venerando a Virgem Maria, estaremos sempre nos unindo a Jesus ressuscitado e à sua igreja peregrina em vista da vida eterna.

Cabe a nós, devotos da Maria, aprender com ela a obedecer a Deus, fazer-nos servos do Senhor e assumir aqui e agora a construção de uma Igreja discípula, missionária fiel a Jesus.

Pe.Geraldo Ildeo - Novembro 2019