A FESTA DE CRISTO REI 2015

PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

ÁGUAS, BELA VISTA, CARIRU, CASTELO, VILA IPANEMA - IPATINGA / MG.

O Padroeiro: Sagrado Coração de Jesus

 

 

 

 

As festas religiosas na Paróquia Sagrado Coração de Jesus de Ipatinga “provocam” vários acontecimentos, todos em favor da confraternização, integração das famílias e da evangelização. A Paróquia realiza as missões populares nas suas cinco comunidades (Águas, Bela Vista, Cariru, Castelo, Vila Ipanema) através do estudo de temas propostos durante as diversas novenas dos padroeiros de cada comunidade. Desse modo, as Missões vão acontecendo aos poucos, como “conta-gotas” de evangelização nos corações dos fieis durante todo o ano litúrgico. Ao realizarmos as Novenas dos Padroeiros, estamos levando as famílias e as comunidades a se tornarem concretamente discípulas-missionárias a serviço do Reino.

No dia 22 de novembro passado, concluímos a Novena de Cristo Rei. Durante o tempo da Novena, estudamos e refletimos sobre a Liturgia e seus significados, o modo como podemos participar das celebrações e a grande importância da Liturgia da Palavra e da Eucaristia.

A Novena de Cristo Rei no Cariru em 2015, foi para os paroquianos um tempo de alegria, de oração, de comunhão com Cristo Rei e com toda a Paróquia. Os festeiros, que lideraram as atividades foi o querido casal José Carvalho e Edelce, consagrados ao Matrimônio há 47 anos.  Nós vimos a presença de Edelce na festa como um verdadeiro milagre de Deus, dado que, havia poucas semanas, ela estava muito enferma e sem forças para poder ter o mínimo de participação na Novena. Pelo contrário, durante toda a Novena ela se mostrou firme, forte, alegre e feliz com seu esposo José Carvalho, diariamente presente e participante de todos os movimentos da festa. Para mim a presença de Edelce, atuante em todos os festejos de Cristo Rei, curada e recuperada, foi uma bênção especial e um milagre do Sagrado Coração de Jesus.

Em cada ano a festa de Cristo Rei acontece em uma das cinco comunidades. Em 2016 a festa de Cristo Rei será na Comunidade do Bairro das Águas, cuja Padroeira é Santa Rita. Os futuros reis serão o jovem Miguel e sua mãe a senhora Bernadete, cujo esposo preferiu apoiar, ajudar e animar os festejos em 2016.

A missa solene de encerramento da festa de Cristo Rei foi celebrada com a participação de todas as cinco comunidades. O coral, com cerca de 50 vozes, brilhou mais uma vez para louvar a Jesus Rei e solenizar a celebração eucarística. A coroação de Cristo Rei foi lindamente celebrada e cantada por membros do Coral Sagrado Coração de Jesus.

Um grupo de Congado, de João Monlevade, veio nos prestigiar para dar mais brilho à festa de Cristo Rei. O Congado é um grupo folclórico que tem o objetivo de preservar valores como a cultura afro-brasileira, a música e a dança típica, a história da escravidão negra no Brasil e a proteção da Virgem Maria do Rosário, a mãe dos sofridos escravos.

Ao criar a festa de Cristo Rei, Pio XI acertou totalmente. O mundo estava e está invertendo os valores morais e éticos optando por uma vida devassa sem medir as péssimas consequências de seus atos. Para o Papa tanto o Capitalismo como o Comunismo são propostas vãs, exploradoras do povo, sem ética e sem compromisso com a dignidade humana e com a preservação da natureza.

O Comunismo ateu quer impor uma ideologia materialista que não satisfaz a nenhum coração humano, corta as iniciativas, deprime a dignidade dos humanos, anula a liberdade criadora e trata o gênero humano como imbecis.

O capitalismo acha que é válido tudo aquilo que dá lucro, que proporciona trabalho e emprego, aumenta o poder de compra e usam as pessoas como peças de uma grande máquina que produz mercadoria, vantagens para a classe dominante, privilegiando uns e oprimindo outros.

O capitalismo gera também a maléfica poluição, degrada o meio-ambiente, danifica a natureza e causa doenças e pobreza em favor de uma classe dominante e opressora.

O comunismo ateu e o capitalismo querem implantar neste mundo um reino das vantagens, do poder para uma classe privilegiada. Provoca destruição. Faz guerras. Quer dominar sobre os mais pobres.

Na contra mão do império que não é eterno e é explorador, surgiu a festa de Cristo Rei lembrando-nos que o verdadeiro, completo, total, inabalável rei é Jesus que nos propõe outro tipo de reinado neste mundo: criar uma sociedade justa, saudável, fraterna, digna, vivendo e construindo o Direito e a Justiça para todos.

O mundo precisa conhecer, amar e assumir o verdadeiro e definitivo rei: Jesus Cristo, a definitiva solução para um mundo melhor, sem exclusões, justo e feliz!

PeGIldeo – 22/11/2015

FOT0S DA FESTA DE CRISTO REI