O TEMPO DO ADVENTO = advenire = chegar

PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

ÁGUAS, BELA VISTA, CARIRU, CASTELO, VILA IPANEMA - IPATINGA / MG.

O Padroeiro: Sagrado Coração de Jesus

 

 

 

 

O Advento pertence ao ciclo litúrgico do Natal. É o início do ano celebrativo dos cultos da Igreja católica. Muitas outras igrejas cristãs seguem o mesmo calendário. É um período de preparação para o Natal. É um tempo de espera d’Aquele que há de vir para o julgamento final de todos os povos.Trata-se de celebrar o Senhor que veio, que vem e que virá.

A liturgia do Advento leva-nos a celebrar as duas vindas de Cristo: Natal e Parusia:

-Na primeira vinda, celebra-se a manifestação de Deus experimentada há mais de dois mil anos com o nascimento de Jesus, em Belém, da Virgem Maria.

- Na segunda, a sua desejada manifestação no final dos tempos, quando Cristo vier em sua glória.

O Advento era celebrado desde o século IV na Gália e na Espanha. A festa do Natal surgiu em Roma, a partir do século VI, quando se estabeleceu o começo das celebrações do mistério pascal.Daí surgiu a necessidade da preparação para as festas da Natividade como se fazia para a Páscoa.

O tempo do Advento consistia inicialmente em seis semanas que antecediam a grande festa do Natal.

São Gregório Magno (590-604) reduziu o tempo do Advento para quatro domingos, tal como hoje celebramos.


A COROA DO ADVENTO

- A Coroa do Avento é um dos símbolos do Natal. Seu formato circular e suas cores expressam a esperança e convidam à alegre vigilância.

- A Coroa do Advento originou-se no século XIX, na Alemanha. Sendo a Coroa uma figura circular, sem começo e sem fim, representa a perfeição, a harmonia, a eternidade.

- Nós adotamos o costume de enfeitar a coroa do Advento no início do século XX. Ornamentamos a Coroa com ramos verdes, de pinheiro e cipreste, sinais de esperança e de perseverança. 

- Uma fita vermelha, envolve a Coroa: lembra o amor de Deus que nos envolve e nos foi manifestado pelo nascimento de Jesus.

- Quatro velas, quase sempre vermelhas,iluminam a Coroa. Referem-se a cada domingo que antecede o Natal. As velas são acesas antes das celebrações eucarísticas, uma para cada semana, à medida que se aproxima o Natal, festa da luz que é Cristo, a luz da salvação que brilha para toda humanidade. Sobre as cores das velas, isso fica ao gosto de cada comunidade.

- O importante é que a Coroa, lembrando a chegada do Messias, ilumine nossas mentes para celebrarmos o Natal na graça de Deus, com a família, com a comunidade e com a Igreja, voltando-nos às necessidades dos mais carentes, ajudando-os agora e sempre.

Pe. Geraldo Ildeo Franco – novembro 2016