A VOCAÇÃO DA FAMÍLIA – O OLHAR FIXO DE JESUS

PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

ÁGUAS, BELA VISTA, CARIRU, CASTELO, VILA IPANEMA - IPATINGA / MG.

O Padroeiro: Sagrado Coração de Jesus

 

 

 

 

O mistério da Família cristã só se pode compreender plenamente, à luz do amor infinito do pai que se manifestou em Cristo até o fim, e vivo entre nós.Cristo está presente em muitas histórias de amor.Ele olhou para as mulheres e homens que encontrou com amor e ternura, acompanhando seus passos com verdade,paciência e misericórdia ao anunciar o Reino de Deus.De igual modo, o senhor nos acompanha hoje,em nosso compromisso de viver e transmitir o Evangelho na Família.                                                                                                                        

O matrimônio é um dom divino, honrado por todos e o leito conjugal sem mancha. Jesus ao referir-se ao casal, reafirma a união indissolúvel entre o homem e a mulher, mesmo admitindo que “por causa da dureza do vosso coração, Moisés permitiu que repudiásseis as vossas mulheres”.Entretanto,Jesus que reconciliou em Si todas as coisas, redimiu a família e o matrimônio à sua forma original, restaurados à imagem da Santíssima Trindade de onde brota todo o amor verdadeiro e recebem de Cristo, através da Igreja, a graça necessária para testemunhar o amor de Deus e viver em comunhão.O evangelho da família atravessa a historia do mundo desde a criação do homem. Nele, o exemplo de Jesus é real para a Igreja.Inaugurou sua vida pública em Caná em um banquete de núpcias (Jo 2, 1-11),compartilhou momentos de amizade com a família de Lazaro e as suas irmãs (Lc 10,38) e com a família de Pedro (Mt8,14)Ouviu o pranto dos pais pelos filhos, restituindo-os a vida(MC 5,4) (Lc 714-15) Deste modo, mostrou sua misericórdia para com a família. E Ainda, no seu encontro com a mulher samaritana (Jo4, 1-30) e com a adúltera(Jo 8, 1-4), deixa claro a noção de pecado e desperta-nos para o amor gratuito de Jesus.

A vida de Jesus foi cheia do perfume de família: na encarnação do verbo em uma família humana, mergulhamos no mistério do Nascimento de Jesus, no sim de Maria, na dedicação de José que deu seu nome a Jesus e cuidou de Maria como esposa; a festa dos pastores no presépio; na adoração dos Magos; na fuga para o Egito com a participação no sofrimento do seu povoexilado, perseguido e humilhado; na alegria do nascimento de João Batista; na promessa de Simeão e Ana cumprida no templo; na admiração dos doutores da lei ao escutarem a sabedoria de Jesus ainda adolescente;enfim,se penetrarmosnos seus trinta longos anos nos quais trabalhava e era formado na fé por seus pais, até fazê-la frutificar no mistério do Reino, podemos então, sentir claro o mistério do Natal e o segredo de Nazaré.A aliança de amor e fidelidade na qual vive a Sagrada Família de Nazaré,ilumina o princípioque dá forma a cada família, tornando-a capaz de enfrentar as vicissitudes da vida. Sobre este fundamento, cada família, com a sua fragilidade, pode tornar-se uma luz na escuridão do mundo. Que a família de Nazaré através do seu exemplo de vida familiar, sua comunhão de amor, sua simplicidade, sua índole sagrada e inviolável, nos faça ver como é doce e insubstituível a educação em família, e nos ensine a sua função natural na ordem social.