DEPRESSÃO

PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

ÁGUAS, BELA VISTA, CARIRU, CASTELO, VILA IPANEMA - IPATINGA / MG.

O Padroeiro: Sagrado Coração de Jesus

 

 

 

 

A depressão é uma doença incapacitante, que pode ocorrer em qualquer fase da vida: infância, adolescência, maturidade ou terceira idade, e que merece toda a nossa atenção.

Depressão não é sinal de loucura, nem de fraqueza, nem frescura.

Todos nós sentimos tristeza em algum momento da vida. É normal sentir tristeza por um divórcio, pela perda de um ente querido, do emprego, ou por algum outro acontecimento que nos rodeia. Essa tristeza pode durar algum tempo e é diferente da depressão. A depressão é uma tristeza acentuada com duração prolongada.

Os sintomas da depressão são diversos. Pessimismo intenso sobre os acontecimentos da vida, dificuldade de se concentrar em tarefas rotineiras, sentimento de desesperança, humor rebaixado, fadiga, alteração do sono e do apetite, falta de vontade de fazer as coisas que mais gosta, sentimento de culpa, são alguns dos sintomas mais evidentes.

É importante o portador da depressão assumir que precisa de ajuda. As pessoas que estão próximas também podem ajudar a identificar a necessidade de tratamento. Desconsiderar ou ignorar as queixas de depressão de uma pessoa não ajuda; ao contrário, atrapalha. O mais importante é buscar a ajuda apropriada para cada caso.

Vários são os tratamentos, com alto grau de eficácia. Normalmente é feito com o uso de antidepressivos, terapia e busca de atividades que dão prazer.

Não subestime a depressão. Ela é uma das principais causas de suicídio. No Brasil estima-se que 10% da população sofre de depressão, ou seja, uma em cada 10 pessoas. É ainda uma das maiores causas de afastamento do trabalho.

O sofrimento é inevitável mas não podemos permanecer nele. Procure controlar os pensamentos e os sentimentos negativos, busque se concentrar nas coisas positivas da sua vida e se dedique à alguma coisa que lhe dê satisfação. Procure conviver com pessoas, com a família e procure conversar com alguém que você confie sobre o assunto. Não se isole.

Ter espiritualidade e buscar a verdade do Evangelho ajuda e alivia o sofrimento.

Busque e aceite ajuda. Seja feliz!

 

A autora desta reflexão - Carla Regina é funcionária da Cemig; da Comunidade de Santa Rita, Bairro das Águas da Paróquia Sagrado Coração de Jesus, Ipatinga.