A beleza da vida

Tiago Anildo Pereira

PARÓQUIA SAGRADO CORAÇÃO DE JESUS

ÁGUAS, BELA VISTA, CARIRU, CASTELO, VILA IPANEMA - IPATINGA / MG.

O Padroeiro: Sagrado Coração de Jesus

 

 

 

 

Aproxima-se a celebração da Páscoa do Senhor! Jesus verdadeiramente ressuscitou! Levemos a todos a alegria e a esperança de Cristo Ressuscitado!

Tenhamos o coração grande! Almas largas, almas grandes, com vastos horizontes.

Chega para nós a hora de uma tarefa urgente. No meio deste mundo, que se irrita e se entristece, porque está se afastando de Cristo, estamos obrigados a injetar alegria nas almas, otimismo esperançoso nos corações que se movem entre desassossegos e temores1.

Nossa vida é um presente de Deus e o que fazemos dela é o nosso presente a Ele2.

A nossa vida se torna bela quando se abre o coração à Providência e se descobre que é verdade aquilo que reza o Salmo: «Só em Deus repousa a minha alma»3.

Que nada nos perturbe, nada nos assuste, nada nos detenha, nada nos ofusque ou nos aprisione!

Olhemos ao nosso redor e preenchamos o nosso dia com atos de amor. Cristo se apresenta a nós na pessoa dos filhos, da esposa, do marido, dos colegas de trabalho, de lazer. Façamos o bem a todos. Façamos algo para todos, de acordo com as nossas possibilidades. E se não tivermos condições materiais de ajudar, poderemos ainda rezar por eles, quer estejam vivos ou mortos. O que vale é o amor4.

Amar, amar sempre, amar a todos. Poder dizer, no fim de cada dia: eu amei

sempre5.

Que tenhamos sempre o desejo de passar pela vida reacendendo fé, esperança e amor em todos aqueles e aquelas que se imaginavam sem amor, sem esperança e sem fé!6

Ante um panorama de pessoas sem fé, sem esperança; perante aqueles que se agitam à beira da angústia, procurando uma razão de ser para a vida, façamos o bem! O importante não é o bem-estar pessoal, mas capacidade efetiva de fazermos o bem, por amor ao próximo7. A pior prisão é um coração fechado, disse o grande São João Paulo II8.

O amor vai nos sugerir, em cada circunstância, o que fazer e, aos poucos, dilatará o nosso coração segundo a medida do coração de Jesus9.

Amar é ter o coração grande, sentir as preocupações dos que estão ao nosso lado, saber perdoar e compreender: sacrificar-se, com Jesus Cristo, por todas as almas. Se amarmos com o coração de Cristo, aprenderemos a servir, e defenderemos a verdade claramente e com amor10.

Assim, cada manhã é uma página branca que o cristão começa a escrever com

obras de bem11. Nós não podemos nada, não sabemos nada, não somos nada..., porém o Senhor é tudo, sabe tudo, pode tudo12.

Precisamos dar testemunho de Cristo neste mundo triste, testemunho de nossa

alegria que é baseada em nossa fé Nele, na bondade do Pai no céu, testemunho de uma esperança inabalável e um profundo amor13.

Vamos almejar as coisas maiores. Temos uma só vida e, ainda por cima, breve. Vamos resistir, dia após dia, enfrentando uma dificuldade após a outra para seguirmos Cristo.

O amor verdadeiro que Jesus pede não admite discriminações; não faz distinção entre a pessoa simpática e antipática; para esse amor não existe o bonito e o feio, o adulto e a criança, o conterrâneo e o estrangeiro, o irmão da própria Igreja ou de outra, da própria religião ou de outra. Esse amor ama a todos. É isso que devemos fazer: amar a todos14.

Nossa vida é grande à luz do Evangelho, nada é pequeno, nada insignificante,

porque tudo pode ser objeto de bênção divina e nossas pequenas ações podem ser tão grandes, com essa bênção, que é capaz de dar esperança ao mundo15.

Sejamos extraordinários nas coisas ordinárias16.

Acolhamos o outro tal como ele é, não como gostaríamos que fosse: com um

temperamento diferente, com as mesmas ideias políticas nossas, com as nossas convicções religiosas e sem os tais defeitos ou modos de fazer que tanto nos incomodam. Não. É preciso dilatar o coração e torná-lo capaz de acolher a todos na sua diversidade, nos seus limites e misérias.

Portanto, cada um na sua tarefa, no lugar que ocupa na sociedade, tem que sentir a obrigação de realizar um trabalho de Deus, que semeie por toda a parte a paz e a alegria do Senhor17, a beleza da vida!

 

1 Beato Álvaro del Portillo.

2 São João Bosco.

3 Papa Francisco.

4 Serva de Deus Chiara Lubich.

5 Serva de Deus Chiara Lubich.

6 Servo de Deus Dom Hélder Câmara.

7 Servo de Deus Dom Luciano Mendes de Almeida.

8 São João Paulo II.

9 Serva de Deus Chiara Lubich.

10 São Josemaria Escrivá.

11 Papa Francisco.

12 Beato Álvaro del Portillo.

13 Santo Alberto Hurtado.

14 Serva de Deus Chiara Lubich.

15 Santo Alberto Hurtado.

16 São José Marello.

17 São Josemaria Escrivá.