01/07 Notícias da Igreja 3º Seminário Nacional reafirma a importância das missões populares no processo de conversão pastoral da Igreja no Brasil
Compartilhar

Com o objetivo de redescobrir o lugar e a importância das missões populares e relançá-las numa Igreja sinodal e em estado permanente de missão, o Conselho Missionário Nacional (Comina) organiza o terceiro Seminário Nacional das Missões Populares.

Com o tema “Passemos para a outra margem”, o seminário irá ocorrer de 23 a 27 de novembro, na Casa de Hospedagem Dom Luciano Mendes de Almeida, no Centro Cultural Missionário, em Brasília (DF). Segundo o Grupo de Trabalho que organiza o seminário, a temática chama atenção, provoca e faz apelo à mudança:

“Passar para a outra margem significa o lançar-se, arriscar e não ficar na mesmice, fazendo a opção “do templo à casa”, “do sacro ao profano”; É deixar de considerar a Missão Popular apenas como um evento e ver nela um meio para ajudar a Igreja (comunidade, paróquia, diocese); passar para a outra margem é colocar-se em estado permanente de missão e “embarcar” na vivência da sinodalidade”.  

Dentre as propostas do 3º Seminário Nacional das Missões Populares está a de reafirmar a identidade das missões populares e sua importância no processo de conversão pastoral da Igreja no Brasil e da formação de comunidades eclesiais missionárias.

O Seminário também busca contribuir com a caminhada missionária da Igreja no Brasil através de reflexão, de interpelações e de novas propostas e ajudar na atualização e renovação das missões populares, relançando-as em um novo contexto eclesial e social, dentre outras coisas.

Justificativas

Uma das justificativas para a realização do 3º Seminário Nacional das Missões Populares, segundo o Grupo de Trabalho Missões Populares, do Programa Missionário Nacional (PMN), é que ao celebrar os 15 anos de Aparecida, ainda “encontramo-nos diante do desafio de revitalizar nosso modo de ser católico e nossas opções pessoais pelo Senhor para que a fé cristã se enraíze mais profundamente no coração das pessoas” (DAp 13).

O Seminário também será realizado dentro da perspectiva do reconhecimento e a insistência da Igreja no Brasil, que através das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil desde 2003, sublinha a validade desse método evangelizador. E ainda dentro da proposta do amadurecimento da consciência missionária na Igreja no Brasil, manifestada no Programa Missionário Nacional 2019-2023.

Reunião de planejamento

Os membros das diferentes Expressões de Missões Populares que compõem o Grupo de Trabalho Missões Populares, do Programa Missionário Nacional (PMN), se reuniram de forma virtual na segunda-feira, 27 de junho, para realizar encaminhamentos a respeito do Seminário.

CNBB