31/05 Notícias da Igreja A Jornada de Oração e Missão, no próximo 1º de junho, será dedicada à paz no Burkina Faso
Compartilhar

No dia 1º de junho, quarta-feira, a Comissão para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) e a Fundação Pontifícia Ajuda à Igreja que sofre (ACN) convidam todos a rezarem pela paz no Burkina Faso, na África.

“Rezemos! Rezemos o nosso terço, a missa, a oração que a gente faz. Rezemos por esse país, por esse povo de Deus, pela Igreja ali presente e, assim, nos tornamos missionários”, exorta o padre Daniel Rocchetti, assessor da Comissão para a Ação Missionária e Cooperação Intereclesial da CNBB.

O Burkina Faso, um pequeno país no centro do continente africano, sofreu há um ano, em junho de 2021, um dos piores atentados em sua história recente. Na ocasião, mais de 160 pessoas, dentre elas 20 crianças, perderam suas vidas. Casas, mercados, escolas e instituições públicas foram queimadas em uma pequena vila ao norte do país. O atentado foi reivindicado por um grupo terrorista.

“Essa não foi a primeira vez que o país sofreu um atentado. Desde 2015 mais de 1.500 pessoas foram mortas por causa de repetidos episódios de violência”, diz o vídeo de divulgação da Jornada.

O vídeo produzido para essa edição da Jornada de Oração relembra que em junho de 2021, o Papa Francisco fez um apelo pela paz no país e no continente.

“Novamente, hoje, em 2022, é esse o pedido do Santo Padre: paz e não violência para os povos”, convoca o vídeo de divulgação da Jornada.

Confira o vídeo:

CNBB