20/11 Notícias da Igreja Economia de Francisco: o direito de sonhar
Compartilhar

Mesmo não sendo católica, Myrian Castello aderiu com entusiamo ao convite do Papa para participar da “Economia de Francisco”. A mineira é a idealizadora da “Fábrica dos sonhos”, um projeto para que o “direito de sonhar” seja incluído entre os direitos humanos.

Bianca Fraccalvieri – Vatican News

O segundo dia da Economia de Francisco prossegue nesta sexta-feira com uma intensa programação, em que consta inclusive uma leitura coletiva da “Fratelli tutti”. Entre as conferências, os temas abordados são finanças e humanidade, reponsabilidade socioecológica e educação.

Esta sexta marca também o início da “maratona de 24 horas ao redor do mundo”.

Já no primeiro dia de eventos, uma das conferências foi moderada pela brasileira Myrian Castello. Myrian, aliás, é a prova de que o convite do Papa por uma nova economia mundial é dirigido a todos os jovens, sem distinção de crenças.

Myrian é a idealizadora da “Fábrica dos sonhos”, um projeto para que o “direito de sonhar” seja incluído entre os direitos humanos.

Em entrevista ao Vatican News, a mineira de São Lourenço explica como a “Economia de Francisco” entrou em sua vida e o estímulo recebido pelo Pontífice.

Ouça Myrian Castello:


Myrian Castello

Fonte: Vatican News