24/01 Notícias da Igreja Escola Fé e Política Dom Luciano realiza formação sobre a Campanha da Fraternidade 2022
Compartilhar

Para uma melhor preparação para a Campanha da Fraternidade de 2022, a Escola Fé e Política Dom Luciano da Arquidiocese de Mariana (MG) realizará um estudo sobre a temática escolhida para este ano.

A formação, que será ministrada pelo padre Lambert Noben, MO, acontecerá de modo on-line nos dias 01, 08 e 15 de fevereiro, das 20h às 22h, pela plataforma Zoom. Além disso, será transmitida pelo canal no YouTube e página no Facebook da Arquidiocese de Mariana e pela página no Facebook da Escola Fé e Política Dom Luciano.

Segundo a representante leiga da Dimensão Sociopolítica e coordenadora da Escola, Silene Gonçalves, a formação é fundamental e nos ajuda a preparar para viver a Quaresma. “Entendemos que precisamos ultrapassar o momento de conversão individual para vivenciarmos o momento de conversão social. É muito importante nos preparar bem para vivenciarmos a campanha em nossas paróquias”, reflete.

Aos interessados, as inscrições poderão ser realizadas até o dia 30 de janeiro, via WhatsApp, no número (31) 99994-1369, com a Silene, ou pelo e-mail: escoladomluciano@hotmail.com. Ainda, para participar é necessário preencher uma ficha de inscrição que está disponível para download aqui.

Campanha da Fraternidade 2022

Criada pela Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) em 1964, a Campanha da Fraternidade (CF) marca o início do Tempo da Quaresma. Em 2022, a CF tem como tema “Fraternidade e Educação” e como lema “Fala com sabedoria, ensina com amor” (Pr 31, 26). Ainda, esse é o terceiro ano que a Campanha da Fraternidade reflete sobre o tema da educação, a fim de olhar para essa realidade no Brasil e realizar um debate norteado pela fé cristã.

De acordo com Silene, a temática abordada neste ano tem como objetivos analisar o contexto, verificar políticas públicas, identificar valores da educação humanista, pensar o papel da família, incentivar propostas educativas integrais, estimular a pastoral na educação e promover uma educação para outra economia e política. Assim, “a Campanha da Fraternidade vivenciada durante a Quaresma é o momento propício para vivenciarmos este tempo em que a Igreja nos chama à reflexão e nos convida à conversão”, destaca.

Arquidiocese de Mariana