10/03 Notícias da Igreja Filme sobre devoção ao Sagrado Coração de Jesus estreia nesta quinta-feira em todo o Brasil
Compartilhar

Produzido na Espanha, Coração Ardente ganhou o prêmio principal do Festival de Cinema Católico da Polônia e já foi exibido em aproximadamente 20 países.

A devoção ao Sagrado Coração de Jesus é retratada no filme Coração Ardente, com estreia programada para a próxima quinta-feira, dia 10 de março, nos cinemas do Brasil. Até o momento, mais de 40 cidades no país estão no circuito de exibição do longa espanhol, dirigido por Antonio Quadri e Andrés Garrigó, fundador da Goya Produções.

Coração Ardente conta a história de Lupe Valdéz (Karyme Lozano), uma escritora de sucesso em busca de inspiração para seu novo livro. Nesse caminho, ela conhece a jornalista María (María Vallejo-Nájera), que lhe sugere investigar uma série de milagres que envolvem a devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Empenhada nessa pesquisa, Lupe é conduzida a pensar sua fé, seus valores e a descobrir a importância do perdão.

Além deste drama, o filme leva o espectador a aprofundar seu conhecimento sobre as origens dessa religiosidade popular e sua importância para a fé católica ao longo dos anos e até os dias de hoje.

Coração Ardente já foi exibido em aproximadamente 20 países e segue em cartaz nos Estados Unidos, México e Uruguai. No Brasil, a produção conta com o apoio do Diretor Nacional Apostolado da Oração, Pe. Eliomar Ribeiro. Para o jesuíta, a chegada do filme é muito aguardada pelos membros do movimento que se aproxima de 2 milhões de congregados no país.

“Essa produção nos leva a nos aprofundarmos na espiritualidade do Coração de Jesus, que é fazer com que o nosso coração seja semelhante ao dEle. É um filme belo, que vale à pena ser visto e vale à pena ser divulgado”, afirma Pe. Eliomar.

Coração Ardente foi ganhador do prêmio principal do Festival de Cinema Católico, na Polônia, em 2020. Na ocasião, o júri entendeu que o filme “revela ao mundo de hoje que o culto ao Sagrado Coração de Jesus não só pertence à história, mas que continua a ser uma grande esperança para o homem contemporâneo”.

Experiência Preciosa

Reunindo depoimentos emocionantes, Coração Ardente revela o alcance da devoção ao Sagrado Coração de Jesus. Alicia Beauvisage, propagadora desta religiosidade na América Latina, afirma ter vivido uma “experiência preciosa” que mudou sua vida: “Aquele que realmente encontra o Coração de Jesus nunca mais pode ser como antes”.

Sessões especiais de pré-estreia aconteceram, em fevereiro, em algumas cidades brasileiras. Com lágrimas nos olhos, Nayara e Olívia, não conseguiram esconder a emoção ao saírem da sala no Rio de Janeiro. Nayara testemunhou ter sentido a “manifestação de Deus em todas as suas formas: do perdão, do amor e da fé”.

Catarina Spilla assistiu a exibição em São Paulo. Acompanhada dos netos, ela falou da alegria por conseguir levá-los ao cinema para assistir um filme que reproduz os valores cristãos.

“Foi uma emoção muito grande conseguir trazer meus dois netos. É difícil trazer jovens para ver um filme desse gênero e eles estão aqui comigo. Eu acho que Deus tocou no coração deles e de todos nós. Sou muito grata pela oportunidade”, disse a leiga atuante da Arquidiocese de São Paulo e que tem divulgado o longa entre seus amigos, família e comunidade.

Um grupo formado por sacerdotes e jovens seminaristas do Instituto Missionário Servos de Jesus Salvador (Salvistas) participou da pré-estreia. Para Pe. Mariano Rodrigo, a chegada do filme é uma grande bênção para todo Brasil e uma oportunidade para “crescermos nessa nova evangelização para alcançar muitos corações sedentos e até mesmo desesperançados”.

O Céu para Ti

Coração Ardente é embalado pela canção “El Cielo para Ti”, gravada pela cantora argentina Athenas, cuja versão em português, “O Céu para Ti”, é interpretada por Andreia Zanardi (Cantores de Deus).

“Desde o início, eu falo da minha alegria, da minha honra de poder fazer parte desse projeto e de mais um projeto de evangelização. O filme, o cinema é algo muito novo para nós católicos e essa é mais uma forma de evangelização. Então, que a gente possa expandir isso, levar isso adiante”, recomendou a cantora.

Convidada para a sessão de pré-estreia, Andréia falou da experiência de gravar a música tema do filme Coração Ardente: “Eu tive a alegria de fazer a versão e interpretação em português. Eu tive diversas experiências com o Sagrado Coração de Jesus e começou com a minha mãe, através das meninas do Apostolado da Oração. E nesse momento de pandemia me toca muito forte a quarta promessa do Sagrado Coração de Jesus: “Eu vos consolarei de todas as aflições”. A música ‘O Céu para Ti’ fala exatamente disso: que a gente pode descansar nesse céu que é o Coração do Senhor “.

Confira o clipe da música

Disponível em: https://youtu.be/IFS5Ay7xDMg

Uma devoção que atravessa séculos

O filme Coração Ardente, remonta a história da devoção ao Sagrado Coração de Jesus, lembrando a importante figura de Santa Margarida Maria Alacoque, a quem, segundo a tradição da Igreja, Jesus revelara o desejo de que fosse oficializada uma festa em honra ao Seu Sagrado Coração.

No entanto, antes e depois destas revelações – que aconteceram entre 1673 e 1675 – místicos, teólogos, papas e santos, inspirados pelo Evangelho de João, refletiram o mistério, contribuindo para fortalecer essa religiosidade popular que atravessa séculos.

São João Eudes, foi um grande propagador da devoção no século XVII. Ele escreveu o primeiro ofício litúrgico em honra do Coração de Jesus. Em uma de suas reflexões ele disse: “Entregai-vos a Jesus para entrar na imensidade do seu grande Coração, que contém o coração de sua santa Mãe e de todos os santos, e para perder-vos nesse abismo de amor, de caridade, de misericórdia, de humildade, de pureza, de paciência, de submissão e de santidade”

Santa Gertrudes foi uma das primeiras devotas do Sagrado Coração e a Ele compôs uma oração: “Eu Vos saúdo, ó Sagrado Coração de Jesus, Fonte viva e vivificante de Vida Eterna, Tesouro infinito da Divindade, Fornalha Ardente do Amor de Deus…”

São João Paulo II, em viagem à Polônia, em 1999, assim refletiu: Tudo o que Deus nos queria dizer de si e do seu amor, depositou-o no Coração de Jesus e mediante este Coração exprimiu-o. Encontramo-nos perante um mistério inescrutável. Através do Coração de Jesus lemos o eterno plano divino da salvação do mundo. E é um projeto de amor”.

Também o Papa Francisco, por diversas vezes, se manifestou sobre o amor que transborda do Coração de Jesus: “O Sagrado Coração é o ícone da paixão: nos mostra a ternura visceral de Deus, sua paixão amorosa por nós e, ao mesmo tempo, sob o peso da cruz e cercado de espinhos, nos mostra quanto sofrimento custou nossa salvação. Na ternura e na dor, esse Coração revela, em suma, qual é a paixão de Deus: o homem”, disse em uma dessas ocasiões.

Oportunidade para se aprofundar na espiritualidade

O filme Coração Ardente traz uma reflexão de fé e esperança, que impacta de forma individual, mas também coletivamente, sendo excelente oportunidade para um aprofundamento espiritual entre grupos e movimentos da Igreja.

Saiba mais sobre o Filme Coração Ardente através dos seguintes canais:

Site: coracaoardenteofilme.com

Facebook: @coracaoardenteofilm

Instagram: @coracaoardenteofilme

Cléo Nascimento

Assessoria de Imprensa

Vatican News
Imagem capa: Filme sobre devoção ao Sagrado Coração de Jesus