14/02 Notícias da Igreja No ano do centenário da arquidiocese de BH, PUC Minas e Colégio Santa Maria alcançam 100 mil alunos
Compartilhar

Os trabalhos realizados pelas instituições de ensino da arquidiocese de Belo Horizonte – Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) e Colégio Santa Maria Minas (CSM Minas) – promovendo uma educação humanista e integral, atingiram expressivo número neste ano: 100 mil alunos matriculados, contemplando desde crianças, nos primeiros anos de vida, até jovens e adultos, em cursos de graduação e pós-graduação – especialização, mestrado e doutorado. O número é alcançado no ano do centenário da arquidiocese de Belo Horizonte.

As instituições de ensino da arquidiocese de BH, que trabalham em sinergia, estão a serviço da sociedade – comunitárias, sem fins lucrativos, elas reúnem milhares de alunos bolsistas. Além disso, a PUC Minas é responsável por cerca de 100 projetos de extensão, dedicados especialmente aos mais pobres, com alunos e professores promovendo a inclusão social de aproximadamente 380 mil pessoas. Já o Colégio Santa Maria Minas, dentre as suas 13 unidades, quatro estão em vilas e favelas da Capital Mineira e da Região Metropolitana de Belo Horizonte, com alunos recebendo bolsa integral, além de uniforme, material didático e alimentação.

O arcebispo de Belo Horizonte e presidente da CNBB, dom Walmor Oliveira de Azevedo, sublinha que as instituições de ensino da arquidiocese estão sempre, e cada vez mais, a serviço da sociedade e da Igreja, com o papel de “ajudar a transformar o mundo por meio da educação humanista”.

Educar à luz da fé

A trajetória da PUC Minas começa em 1958. Hoje, são dez campi no Estado de Minas Gerais e no Brasil por meio da Educação a Distância. São ofertados 109 cursos de bacharelado, 12 de graduação tecnológica e 11 cursos de licenciatura. Na pós-graduação, são 17 programas stricto sensu – mestrado e doutorado – e 600 cursos de especialização. Os trabalhos desenvolvidos pela universidade estão em sinergia com o magistério do Papa Francisco e em comunhão com a Igreja no Brasil. A Universidade conta com o Instituto de Filosofia e Teologia, o ANIMA: Sistema Avançado de Formação, Identidade e Missão, composto por vários núcleos, dentre eles a Pastoral Universitária, o Grupo de Reflexão e Trabalho para a Economia de Francisco e Clara e outro para o Pacto Educativo Global. Atualmente, a PUC Minas reúne 88 mil alunos. “Trabalhamos de forma integrada com o objetivo de oferecer o que há de melhor à sociedade”, explica o reitor da PUC Minas, dom Joaquim Giovani Mol Guimarães, bispo auxiliar da Arquidiocese de Belo Horizonte, que preside a Comissão Episcopal Pastoral para a Comunicação da CNBB.

Ensino integral

O Colégio Santa Maria Minas é uma das mais antigas instituições de ensino de Belo Horizonte, atua desde 1903. Hoje, a instituição, com suas 13 unidades, reúne 12 mil alunos. Além das disciplinas da educação formal, os estudantes são estimulados a cultivarem o compromisso com a solidariedade, participando de campanhas e iniciativas inspiradas pela fé cristã católica, por um humanismo integral. “É uma Proposta Pedagógica Pastoral centrada na ideia de que a educação é um processo de construção da pessoa humana, que é ativa, consciente, livre, responsável e única”, explica a diretora-geral pedagógica da rede de Colégios, professora Juliana Carvalho Moreira.

Educar para mudar o mundo

“Sem a PUC Minas e o Colégio Santa Maria Minas a sociedade seria mais pobre, especialmente no campo educacional”, avalia dom Walmor Oliveira de Azevedo. O campo da educação oferece à sociedade uma oportunidade para mudar. “Essa é uma das principais razões pelas quais a Igreja, uma instituição bimilenar, é tão engajada na educação.”, conclui dom Joaquim Mol.